gestão ambiental e gerenciamento de áreas contaminadas

Leia neste artigo as informações mais relevantes sobre gestão ambiental e gerenciametno de áreas contaminadas. Tenha de forma direta, completa e atualizada estes conhecimentos que podem fazer um diferencial em tua carreira.

Nos últimos anos temos presenciado uma avalanche de informações desconexas e grande repetição. Buscamos uma abordagem focada nos setores de Engenharia Ambiental, Saneamento Ambiental, Geologia Ambiental, Passivo Ambiental, áreas de risco e técnicas de remediação ambiental.

curso de gerenciamento de áreas contaminadas

 

Gestão Ambiental em 2018

Todos os problemas ambientais existentes levam à busca de um novo modelo de crescimento econômico que considere mais a preservação do meio ambiente em todos os seus aspectos. Torna-se claro que a solução para todos estes problemas deve ocorrer em vários níveis:

Nível individual: que deve tomar posturas que respeitem mais o meio ambiente a fim de limitar o consumo e economizar recursos naturais.

Nível Empresarial: que devem funcionar reduzindo ao máximo seu impacto ambiental negativo.

Nível do Poder Público: tendo função primordial é regulamentar o modelo final de funcionamento que respeite o meio ambiente.

gestão ambiental

 

Sendo assim, as empresas não tem como ignorar suas obrigações ambientais: a pressão dos consumidores e as imposições normativas, obrigamdo-as a conceber produtos e sistemas de produção e distribuição que minimizem os impactos ambientais negativos.

É sabido que até muito ponto tempo atrás, as empresas consideravam estas questões como uma imposição dos sistemas de proteção ambiental, as quais implicavam num  aumento substancial de custos. No entanto, atualmente, os aspectos ambientais tem sido considerados como fatores competitivos, que certamente propiciam às empresas vantagens competiticas no mercado.

 

Tendências do Gerenciamento Ambiental

Notoriamente o sistema de gestão ambiental é um instrumento de gerenciamento Ambiental com procedimentos semelhantes a qualquer nível gerencial de uma empresa moderna. Uma das particularidades deste sistema é a importância conferida às questões ambientais da empresa, o que gera a denominação específica para a gestão que controla:

  1. uso racional de matérias-primas,
  2. insumos,
  3. energia,
  4. água, e
  5. ar

Consideram-se também como ponto de preocupação os processos produtivos que podem causar menores danos à natureza, mediante a redução de materil sucatas, resíduos sólidos e líquidos, lixo e degradação ambiental em geral.

Podemos afirmar, que o gerenciamento ambiental é uma das atividades mais importantes relacionadas com qualquer operação industrial. De modo geral, o gerenciamento ambiental está relacionado aos sistemas organizacionais e programas que visam a questão práticas tais como:

– Promover o controle e redução dos impactos do meio ambiente,
– Cumprimento das legislações e normas ambientais brasileiras,
– Desenvolvimento das tecnologias apropriadas para eliminação dos resíduos ambientais,
– Eliminação ou redução dos riscos ao meio ambiente e aos seres humanos,
– Incentico à utilização de tecnologias limpas com objetivo de reduzir gastos de energia e materiais,
– Melhoria dos relacionamentos com as comunidades e com o Governo local, estadual e federal,
– Antecipação das questões ambientais que podem causar danos ao meio ambiente e/ou a saúde humana.

 

A importância do Gerenciamento de Áreas Contaminadas

O gerenciamento de áreas contaminadas é primordial para toda a pouplação e em especial para as empresas e órgãos governamentais. Esta afirmativa é corroborada pela necessidade urgente de se gerar soluções adequadas para mitigar os impactos ambientais causados pelos diferentes tipos de conaminações.

Praticamente em todos os estados são identificadas as relações de áreas contaminadas. Como exemplo a Feam (Fundação Estadual de Meio Ambiente de Minas Gerais) divulgou a relação de áreas contaminadas do Estado de Minas Gerais. Acesse aqui o Inventário de áreas contaminas da Feam [DOWNLOAD AQUI].

 

Segundo estudos do IPT – Instituto de Pesquisas Técnológicas, divulgou recentemente um detalhado estudo sobre as áreas contaminadas. Foram identificadas mais de 1.200 áreas contaminadas registradas. O estudo retrata em oito capítulos os conceitos principais que estruturam a cadeia, o contexto internacional do mercado de gerenciamento, o arcabouço legal, um mapeamento das áreas contaminadas no Brasil, uma estrutura de cadeia produtiva proposta e o montante de negócios gerados pelas empresas do setor, bem como desafios e oportunidades.

 

Como aprender mais sobre o Gerenciamento de Áreas Contaminadas

O Instituto de Negócios Innovate, está promovendo o curso de Gerenciamento de Áreas Contaminadas com o foco em Inovação, tecnologia e desenvolvimento ambiental.

Nesteo Curso serão abordados os fundamentos técnicos, legais e práticos. Tais conhecimentos permitirão que você possa deliberar facilmente sobre o tema de forma totalmente profissional.

O diferencial deste curso está pautado na EXPERIÊNCIA / FLEXIBILIDADE / INOVAÇÃO, o que assegura um formato totalmente diferente do que você já presenciou e promovemos um ambiente totalmente propício para o seu crescimento profissional.

Saiba mais sobre este curso visitando a página do curso.